Sobre Nosso Chamado à Santidade

Mar 23, 2024

Quero falar-vos do Apelo Serra à Santidade. É uma das três tábuas da nossa Missão Serra. Há mais do que você imagina! A sua importância é muitas vezes subestimada pelos Serrans. Realmente e verdadeiramente, é o ponto de partida para criar uma cultura de vocações – uma cultura de vocações dentro de nós mesmos.

Assim, o Apelo Serra à Santidade…

Santidade é ser mais semelhante a Deus. Muitos católicos hoje pensam que santidade é apenas guardar os 10 mandamentos e ir à missa no domingo. Esta visão “minimalista” não é o que é santidade. Há mais na santidade do que simplesmente “não ser mau”. Jesus diz-nos isto na parábola das ovelhas e das cabras. No final dos tempos, ele reúne todas as pessoas e as separa entre as que estão à sua direita e as que estão à sua esquerda. Os que estão à sua direita ele acolhe no reino dos céus por causa das coisas boas que fizeram; alimentar os pobres, vestir os nus, visitar os presos, e assim por diante. Aqueles que estão à sua esquerda ele lança na condenação eterna – por não fazer coisas boas para os outros.

O que é fácil de ignorar é que todos com quem Jesus estava falando eram pecadores. Todos tinham feito coisas más nas suas vidas – os de direita e os de esquerda. No entanto, Jesus não se concentra nisso. Com efeito, Jesus não era só Deus, era também homem e conhece as fraquezas e as tentações de todos os homens. Ele sabe que todos nós pecamos. Então, em que ele se concentra? Não sobre nossos pecados, mas sobre quanto bem fizemos durante nossa vida. Há uma frase no rito fúnebre católico que eu amo que diz que, quando morrermos, Deus primeiro nos agradecerá por todas as coisas boas que fizemos em nossas vidas, depois Ele perdoará nossos pecados – nessa ordem. O ato afirmativo de fazer o bem é o que realmente significa santidade.

Então, como alcançar o Chamado Serra à Santidade? Ser apenas um católico “minimalista” não faz isso. Há três passos que temos de dar.

Primeiro, devemos fazer de Deus o Senhor de nossas vidas. Devemos colocar Deus em primeiro lugar! Não apenas um pensamento ocasional e aleatório. Não apenas por uma hora no domingo. Mas um compromisso total com Deus. O bispo Robert Barron nos pergunta: “Cristo é o Senhor da sua vida? Cristo está comandando sua vida em cada detalhe? Ele é o Senhor da sua vida familiar? Da sua vida recreativa? Da sua vida profissional? Ele é o Senhor de todos os cômodos de sua casa, inclusive do quarto? Estás totalmente entregue a ele, sob o seu senhorio?” Se Deus está em primeiro lugar em nossas vidas, devemos ser capazes de responder “sim” a essas perguntas.

Em segundo lugar, devemos entender e acreditar que Deus criou cada um de nós para algum propósito especial e único em seu grande plano. E uma vez que colocamos Deus em primeiro lugar em nossas vidas, devemos buscar a vontade de Deus para nós – o propósito especial para o qual Ele nos criou. Cada dia que levantamos do sono, precisamos perguntar qual é o propósito especial e único que Ele tem para nós neste dia, para esta estação em nossa vida e para toda a nossa vida. Conhecer o bem especial que Ele nos pede é um passo fundamental para crescer em santidade.

Mas como devemos conhecer o propósito de Deus para nós? Eu ensino catecismo para uma turma de meninos da sexta série e eles sempre me fazem essa pergunta. Digo-lhes que a oração regular é importante. A oração é uma conversa com Deus, mas para que seja uma conversa verdadeira, não deve ser apenas nós falando, mas nós ouvindo atentamente a Deus. A oração deve envolver tempo de silêncio para que possamos ouvir Deus falar conosco. Também lhes digo que olhem para os talentos e habilidades que Deus lhes deu, pois estes muitas vezes apontam para o Seu propósito para nós. Mas, acima de tudo, digo-lhes que sigam o seu coração. Deus nos fala mais claramente através de nossos corações, não de nossas mentes.

Então, uma vez que você conhece o propósito de Deus para sua vida, você deve agir de acordo com ele! Comprometa-se com todo o seu eu para alcançar este propósito. Este é o terceiro e último passo para crescer em santidade — fazer o bem e ser mais semelhante a Deus seguindo a vontade de Deus.

O que é que o levou a juntar-se à Serra? Para a maioria de nós, é o lugar especial que temos no coração para os sacerdotes e religiosos. Esse é um sinal seguro de que pelo menos parte da razão pela qual Deus nos criou é para ajudar a cumprir a Missão Serra. Serra não é um hobby. Não é um clube social. É um ministério. Fazer parte de um Clube da Serra é uma vocação vocacional especial por si só. São João Henrique Neuman disse: «Deus criou-me para lhe prestar um serviço definitivo. Confiou-me um trabalho que não se comprometeu com outro. Eu tenho a minha missão.” E todos vocês também. Não é por acaso que és sócio de um Clube da Serra. Não há acidentes no grande plano de Deus. Deus colocou este ministério em seu coração. Esta é a obra que Deus confiou a você. Reconheça-o como pelo menos parte do propósito para o qual Deus o criou.

Agir de acordo com o propósito de Deus para sua vida exigirá sacrifício de tempo, talentos e tesouros, e de ego, colocando a vontade de Deus em primeiro lugar. Exigirá que coloquemos o bem dos outros acima do nosso próprio bem. Pode exigir que você saia da sua zona de conforto. Provavelmente envolverá momentos de desânimo. Você vai se cansar! Você pode até ser ridicularizado ou rejeitado pelos outros. Os desafios podem parecer enormes, quase desesperados – como uma montanha alta demais para escalar. Mas lembrem-se, Deus não nos pede para fazer uma tarefa sem nos dar os recursos e a sua ajuda para fazê-la.

E contra todos esses desafios, perceba que você conhecerá a alegria incomparável de fazer a vontade de Deus – a única alegria real que há para experimentar na vida. E crescereis em santidade.

Para os serranos que colocam Deus em primeiro lugar e são propositados pela Missão da Serra, o caminho para a santidade é agraciado. Nossas orações são as melhores orações! Orações pelos outros, não por nós mesmos. Orações voltando nossa alma para fora para os outros em vez de para dentro de nós mesmos.

E embora a oração seja o fundamento de tudo o que fazemos, a verdadeira oração quase sempre nos chama a algum tipo de ação, especialmente orações pelas vocações. Um Clube da Serra oferece oportunidades para essa ação que não estão disponíveis para um indivíduo. Como eventos de agradecimento para homenagear nossos bispos, padres, irmãs, religiosos e seminaristas. Como adotar espiritualmente um seminarista. Como organizar Horas Santas para as vocações e terços mensais nas paróquias. Como distribuir cartões de oração para os seminaristas durante a semana das Escolas Católicas. Como organizar crucifixos itinerantes e programas itinerantes de cálice em escolas e paróquias. E muitos outros.

Um Serra Club é realmente a única maneira eficaz de um indivíduo colocar as orações vocacionais em ação. Isso nos ajuda a agir de acordo com esse propósito dado por Deus em nossa vida.

O Apelo à Santidade da Serra soa-lhe familiar? Deveria. Pensa sobre isso. Colocar Deus em primeiro lugar, discernir a sua vontade para a nossa vida e agir sobre ela com coragem. Não é exatamente isso que pedimos aos jovens que podem estar discernindo uma vocação sacerdotal ou religiosa!

Como podemos pedir-lhes que o façam se não estamos dispostos a responder ao apelo à santidade na nossa própria vida? É disso que trata o nosso Apelo à Santidade e por isso é um elemento crítico da nossa Missão Serra.

Lembrem-se do que São Paulo disse: Cristo é a Cabeça e nós — a Igreja — somos o corpo de Cristo. Serra é uma parte importante do Corpo de Cristo. Não há propósito mais nobre para as nossas vidas do que a Missão Serra.

Portanto, faça de Cristo o Senhor da sua vida, encontre o propósito para o qual Ele o criou e comprometa tudo a fazê-lo. Não seja um católico minimalista. Fazei o bem com as vossas vidas. E não há melhor maneira de fazer isso do que se engajar plenamente na Missão Serra. Ao fazê-lo, crescereis em santidade e conhecereis a alegria de Deus.

Deus vos abençoe e a tudo o que fazeis pela Serra e pelas Vocações na nossa Igreja!

~Mike Downey
Serra Presidente dos EUA

Resources

كيف نما نادي ميامي سيرا أضعافا مضاعفة

كيف نما نادي ميامي سيرا أضعافا مضاعفة

إنهم يسمونها معجزة ميامي. شهد نادي سيرا في ميامي مؤخرا زيادة قياسية في العضوية بفضل الجهود المتضافرة والمتعمدة للغاية في حملة العضوية. انتقل النادي من 9 أعضاء إلى 130 في غضون أشهر ، وقال سيرانس الذي سهل الحملة إن الاتصال الشخصي هو المفتاح. فيما يلي خمسة عناصر رئيسية...

Come and See: We are All Called to Vocation

Come and See: We are All Called to Vocation

Cardinal Luis Antonio Tagle of Manila at the 80th Serra International Convention, Chiang Mai, Thailand, June 23, 2023 Our convention is a good time to reflect on the reality of vocation in the life...

The Communion of Vocations

The Communion of Vocations

Cardinal Marc Armand Ouellet at the 80th Serra International Convention, Chiang Mai, Thailand, June 23, 2023 My heartfelt thanks to Serra International for inviting me to celebrate its 70th founding...

Basilian Seminarians in Mexico

Basilian Seminarians in Mexico

An Unforgettable Trip Made Possible by International Cooperation among Serrans When a group of Basilian seminarians recently went on retreat in Mexico, several Serra Clubs came together and offered...

A Year of New Growth in 2023

A Year of New Growth in 2023

Given by Greg Schwietz at the Chiang Mai, Thailand, Serra Convention, June 22, 2023   Your Eminences, your Excellencies, Reverend Fathers, Sisters, Serrans and guests; Thank you for the...

An inviting Gift: Serra Invitation Coin

An inviting Gift: Serra Invitation Coin

For many priests, invitation was a key factor in entering the seminary —being personally asked to consider a priestly vocation. When Cardinal Thomas Christopher Collins addressed Serrans at their...

A Vision for the Year Ahead

A Vision for the Year Ahead

New Serra International President Kurt Metyko’s speech at the 2023 Convention... Your Eminences, your Excellencies, Reverend Fathers, Sisters, Brothers, fellow Serrans and guests: First, I would...

What is a Culture of Vocations?

What is a Culture of Vocations?

We use this term a lot in Serra. Creating a Culture of Vocations in parishes and dioceses is our primary strategy to achieve our Serra mission. But what does it mean? How do we know we have achieved...

Serrans Celebrate 75th Anniversary

Serrans Celebrate 75th Anniversary

By Fr. Ken Schuckman - Diocese of Wichita The Downtown Serra Club of Wichita will commemorate its 75th anniversary as a club of Serra International Thursday, March 9. In preparation for the event,...

Serra Meets: Meeting Recap

Serra Meets: Meeting Recap

At the most recent Serra Meets session, Mother Clare Matthiass, Franciscan Sisters of the Renewal (CFR), discussed her charming children’s book, The Unsolvable Problem, which introduces young...

Who is at the Center of Your Prayer?

Who is at the Center of Your Prayer?

Today's Readings The parable of the Pharisee and the tax collector going to the temple to pray was a way for Jesus to show that merely following the rules and going through the motions of...

Actions Speak Louder Than Words

Actions Speak Louder Than Words

Today's readings While many difficult decisions as well as physically and emotionally challenging acts were achieved by St. Joseph, the earthly foster-father of Jesus, he has not one speaking line...

Are You a Comfortable Catholic?

Are You a Comfortable Catholic?

Today's readings In today’s Gospel, the mother of two of Jesus’ disciples recognizes His greatness and authority. She asks Him to command her sons to sit at His right and left hand – presumably, in...

To Know Mercy

To Know Mercy

Today's Readings Throughout his ministry, Jesus urges us to strive for perfection, especially in our capacity to love and to forgive. The reason for this is simple: we fail. A lot. We make mistakes,...

The Spiritual Works of Mercy

The Spiritual Works of Mercy

Today's Readings In today’s Gospel, Jesus teaches how to pray. We call it the “Lord’s Prayer” and it covers just about everything one needs – for oneself. Still, there is prayer for others – for...